Mostrador de Notícias

Uber contrata a primeira executiva de diversidade

As denúncias de assédio e sexismo que assombraram a Uber em 2017 começaram a mudar a cultura da empresa. Se até o ano passado o comando da companhia pouco fazia em relação aos casos que pipocavam na mídia, agora a política é outra.

A investigação interna comandada pelos advogados Eric Holder e Tammy Albarran, finalizada em junho passado, recomendou a contratação de uma executiva de inclusão e diversidade. Seis meses depois, a Uber finalmente anunciou um nome para a posição.

Bo Young Lee, atual chefe de diversidade e inclusão da Marsh & McLennan, firma de serviços financeiros, vai ocupar essa posição na Uber.

(via CanaTech)